Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

EGRÉGORAS

Egrégoras designa a força gerada pelo somatório de energias físicas, emocionais e mentais e/ou espirituais de duas ou mais pessoas, ou consciência extra física, quando se reúnem com qualquer finalidade. A grande maioria dos seres humanos encarnados e desencarnados estão de alguma forma ligada a egrégoras negativas e/ou positivas dependendo da sua freqüência. Muitas destas ligações com egrégoras negativas advêm de pactos com entidades astrais com o objetivo de conquistar poder, fama e bens materiais. Outras vezes estes pactos estão ligados a perseguições de ordem afetiva e objetiva prender a vítima ao seu domínio o que pode se estender por várias vidas consecutivas. Estes pactos podem ter origem em qualquer uma das nossas vidas passadas e/ou paralelas. A conexão também se faz por meios dos vícios das drogas e do sexo. Quando a alma está devidamente comprometida com estas forças obscuras ocorre uma grande perda de energia vital onde então a alma compromete toda a sua essência monádica. Geralmente o domínio das egrégoras negativas se faz via implante, chips e dispositivos de limitação. Este comprometimento coloca em risco muitos níveis de consciência encarnados e desencarnados onde começam a servir de alimento a estas egrégoras negativas, o que denominei nos meus atendimentos de “implantes sanguíneos”. Aos poucos os níveis comprometidos passam a perder sua força vital comprometendo seu nível físico, emocional, mental e espiritual onde se não houver uma imediata intervenção de guias amparadores ocorre à morte da parte encarnada e o domínio total do nível desencarnado. É importante salientar o desconhecimento da maioria das pessoas do comprometimento com estas forças obscuras o que muitas vezes não se originou nesta existência. Em muitos casos, entretanto, pode ocorrer com um consentimento tácito da vítima quando percorrem caminhos obscuros e desagregados como o caminho dos vícios, da busca desenfreada do prazer e do poder material. Serão tanto mais escravos quanto menos conscientes estiverem do processo. Estas explicações são necessárias para entendimento do que é egrégora, e principalmente para possibilitar a criação de egrégoras pessoais e coletivas. Todos nós somos co-criadores. Egrégora é uma forma pensamento que é criada por um determinado pensamento e/ou sentimentos. Adquire vida e é alimentada pelas mentalizações e energias psíquicas dos seus criadores. É uma entidade autônoma que se forma pela persistência e intensidade dessas correntes emocionais e mentais. Pensamentos e sentimentos fracos criam egrégoras mal definidas e de pouca vida ou duração, porém pensamentos e sentimentos fortes criam egrégoras poderosíssimas e de longa duração. Consequentemente existem egrégoras positivas que protegem, atraem boas energias e afastam cargas negativas, e egrégoras negativas que fortalecem o mal, canalizam forças negativas e repelem forças positivas. A egrégora pode ser coletiva ou pessoal. Os bandos liderando regiões umbralinas onde se denomina o vale dos vicios, do sexo e das drogas é conhecido como uma egrégora negativa coletiva. Uma pessoa psiquicamente equilibrada e com pensamentos positivos, cria uma egrégora positiva pessoal. Do mesmo modo, uma pessoa desequilibrada emocionalmente e negativa cria uma egrégora negativa pessoal. Por axioma, um ser humano nunca vence a influência de uma egrégora caso se oponha frontalmente a ela. A razão é simples. Uma pessoa, por mais forte que seja, permanece uma só. A forma de livra-se de uma egrégora negativa é filiar-se a outra egregóra positiva.

OM LUZ!

Nenhum comentário:

Postar um comentário