Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

domingo, 9 de janeiro de 2011

UM DIA ELE VEIO À MINHA PROCURA...


Um dos grandes místicos indianos, Kabir, diz:
Passei anos e anos procurando Deus e não consegui encontrá-lo. Então desisti da ideia e fiquei tranquilo e amoroso - o que mais poderia fazer? Não conseguia encontrar Deus, então o jeito era estar o mais perto possível da divindade. Assim, fiquei silencioso, tranquilo, amoroso, alegre, como se já o tivesse encontrado - era "como se". Um dia ele veio à minha procura, e desde então não me preocupo muito com ele, mas ele continua me seguindo. Antes eu o chamava: "Deus, onde está você?" Agora, ele me chama: "Kabir, onde está você?"Kabir está dizendo algo tremendamente importante. Suas palavras exatas são: "Ele continua me seguindo como uma sombra, chamando-me: 'Kabir, Kabir, aonde está indo? O que está fazendo? Posso ajudar?' Nem ligo para ele, agora que conheço o caminho: ele não é um lugar do lado de fora, é do lado de dentro. Não está nos rituais da religião, está no amor. Não está nas formalidades, mas numa amizade informal com a existência".

Osho, em "Meditações Para o Dia"

Nenhum comentário:

Postar um comentário