Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

terça-feira, 14 de junho de 2011

TERAPIA DE EXORCISMO Á DISTÂNCIA

O Exorcismo é um trabalho de socorro espiritual a pessoas que se mostrem claramente alteradas de seu modo habitual, obsedadas ou apresentando um quadro de perturbação grave. Processo ritualístico que se destina a combater uma possessão seja em decorrência da pessoa se encontrar sob a influência de uma entidade obscura desencadeada por um ato oculto maléfico voluntário ou irrupção espontânea enviada ou não por ato de terceiro. É aconselhável recorrer ao exorcismo quando o paciente se encontre em  caso de extrema urgência, com risco de vida e quando todos os outros recursos se esgotaram. Exorcizam-se espíritos adversos para que abandonem o corpo da pessoa possuída. O exorcismo é um ato de LIBERAÇÃO e não de PROTEÇÃO, assim atos advindos posteriormente ao trabalho de liberação como, por exemplo, magias ou possessões, se recomenda o paciente submeter-se a um novo tratamento. Preferencialmente deve ser realizado nos seguintes horários: às 12h: 00, 16h: 00, ou 18h:00.


A QUEM SE DESTINA - descrição dos sintomas de uma ação maléfica

1) Impressão de frio no peito ou nos ombros, sensação de sufocamento;
2) Palpitações cardíacas, especialmente nos dias de Lua cheia;
3) Sensações de picadas na nuca, no plexo solar, próximo do coração, ás vezes sensações de queimadura;
4) Contrações dolorosas no nível do plexo solar ou cardíaco;
5) Dores  na cabeça intensas, em certos períodos, especialmente a noite;
6) Angústias imotivadas não causadas por um estado emocional ou de estresse, dissabores, graves contrariedades etc.;
7) Emagrecimento sem motivos aparentes;
8) Pesadelos espantosos e repetidos com exacerbações nas fases da Lua;
9) Sensação de esgotamento sem motivo, perda de energia, cansaço ou angústia ao se levantar pela manhã;
10) Medo irracional de estar só;
11) Atos inconscientes que se repetem no decorrer das quatro fases da Lua;
12) Acordar em plena noite com a sensação de uma presença no quarto: este é um dos sintomas mais característicos de uma ação maléfica;
13) Repetidos impulsos suicidas;
14) Frigidez que intervém depois de um período de vida sexual normal;
15) Impotência sexual persistente, mesmo depois de consulta ao médico;
16) Desinteresse pelo sexo;
17) Desgosto repentino pelo parceiro (ás vezes recíproco) no decurso das relações sexuais, que pode provocar um afastamento recíproco;
18) Desejo sexual repentino e insaciável, sobretudo nas quatro fases da Lua;
19) Sensação de toque no corpo; que pode chegar a sensação de contato físico ou de intromissão sexual;
20) Objetos que se deslocam no cômodo, no local onde se mora;
21) Impressão de estar constantemente sendo observado ou espiado;
22) Doenças vagas, contrações musculares;
23) Dores no nível dos meridianos de acupuntura, sobretudo no meridiano do fígado;
24) Série de desgostos, de problemas graves, enganos, desilusões profissionais ou sentimentais, com regularidade;
25) Afastamento de amizades, das relações ou indiferença da clientela; repetidas perdas no campo financeiro;
26) Indisposição ou vertigens freqüentes;
27) Sensações de mal-estar ao entrar em lugares sagrados como, por exemplo, uma igreja;
28) Bloqueios psicológicos ou sexuais;
29) Hemorragias ou distúrbios circulatórios em determinadas Luas;
30) Todos os sintomas incomuns, como por exemplo, sinais de pancadas no corpo, manchas roxas bem visíveis, hemorragias fora do ciclo menstrual ou durante relações sexuais, arranhões, sobretudo ao acordar.

Os trabalhos de exorcismos serão realizados em 9 dias consecutivos iniciando-se na Lua Nova.





Nenhum comentário:

Postar um comentário