Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

RITUAL PARA GANESHA

 O mês de Agosto é favorável para avaliarmos as " colheitas " feitas nos meses anteriores. Medite a respeito das sementes (projetos) que não vingaram e deverão ser substituídas; retire as ervas daninhas (invasores) que prejudicaram seus esforços. Renovar, recomeçar projetos retirando deles todos os obstáculos.

Então, unindo forças e informações podemos, neste mês de agosto, solicitar a intervenção e o auxílio do amoroso deus Ganesha. Durante o mês de agosto, na Índia, comemora-se o Festival de Ganesha, o removedor de obstáculos. Esse festival chama-se CHAUTI. Acredita-se que se Ganesha for cultuado neste período, seus pedidos serão realizados.

Ganesha rege a sabedoria, a boa sorte, literatura, livros, escrita, sucesso mundial, prosperidade, paz, inícios, empreitadas bem sucedidas, viagens, construção, suplantar obstáculos, controlar forças perigosas. Este deus ou deidade combina força com a astúcia. Abre caminhos para realização de novos projetos e para tudo que queremos iniciar.

Material necessário para o ritual:
- 1 imagem ou gravura representando Ganesha;
- 1 vela amarela e 1 vela vermelha;
- 1 incenso de sândalo;
- ½ xícara de arroz cozido em água;
- 1 pequeno pedaço de papel e lápis;
- flores coloridas frescas.

Sequência:
- mostre as flores e o arroz (colocado num pires branco) para a figura ou estátua de Ganesha;
- acenda o incenso de sândalo e coloque-o num incensário;
- curve-se diante da estátua com as mãos unidas, com as pontas dos dedos tocando sua testa.
- diga: "Regozijem-se, pois esta é a época de Ganesha! Senhor dos obstáculos vem a galope para seu festival. Com sua ajuda posso obter sucesso completo. Eu o saúdo, Ganesha. Todos os obstáculos de minha vida serão removidos. Eu me regozijo com sua presença, Ganesha. Boa sorte e novos recomeços se derramam sobre mim. Eu o louvo, Ganesha. Eu me regozijo, pois a boa sorte e as mudanças se aproximam!"
- acenda as velas amarela e vermelha, colocando cada uma num castiçal ao lado da imagem;
- pense e sinta, no seu coração, seus obstáculos, dizendo-os a Ganesha;
- ouça com atenção e fé as sugestões para um novo caminho a seguir (perceba, neste momento, se você é o criador desses obstáculos);
- escreva no papel, a lápis, o que você deseja atingir e coloque o papel embaixo da imagem;
- diga: "Deus risonho da criatividade, divindade amorosa e cuidadosa, com prosperidade, paz e sucesso, abençoe minha vida, é o que peço. Vire a roda da vida, para que a mudança positiva possa ser sentida."
- curve-se novamente diante da imagem com a ponta dos dedos tocando a testa;
- apague as velas;
- repita o ritual por mais dois dias;
- no último dia deixe as velas queimarem até o fim;
- deixe a estátua e o papel onde estão por mais três dias;
- seus desejos só precisam ser escritos uma vez.

Este ritual, na verdade, tem a duração de uma semana. E no final da semana, quando acabar seu ritual, junte todas as oferendas e coloque-as num jardim florido, inclusive os eventuais restos de velas. Queime seu papel e sopre as cinzas ao vento. Guarde a imagem no seu altar para ser usada em outros rituais a Ganesha.

Boa sorte e novos recomeços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário