Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

INFLUÊNCIAS DO TARÔ EM 2015



O ano de 2015 será influenciado em especial pelo arcano  XV - O Diabo  e pelo arcano VIII - A Justiça.

O DIABO – ARCANO XV
Título Esotérico -  O Senhor dos Portões da Matéria; o Descendente das Forças do Tempo (O domínio das duas forças que aprisionam a alma humana: a ilusão da posse e a passagem do tempo que remete à finitude da vida).
Esta carta congrega tudo aquilo que é aparentemente pérfido num universo onde apenas granjeamos a virtude.
O Diabo significa apego ao material concreto e separação espiritual. Representa escravidão do homem à matéria. Ele vibra em níveis muito baixos de consciência. De acordo com a clássica descrição de Goethe, é "aquele poder que só deseja produzir o mal, mas engendra o bem". É o sujeito que nos atraiçoa, induzindo-nos à criminalidade inconsciente, mas também nos atrai para a consciência total.

O nome Diabo tem como origem na palavra grega diablos que apenas significa adversário. Esta carta na verdade refere-se ao nosso adversário interior, o nosso próprio lado satânico inferior, os nossos medos e idéias preconcebidas que acabam por condicionar as nossas ações e que termos que enfrentar em 2015. Este nosso diabo interior provoca-nos a falta de visão, falta de perspicácia e fantasias que nos provocam grande parte dos nossos problemas.

Consequentemente 2015 será um ano onde as qualidades inferiores de cada um serão evidenciadas para que possam ser trabalhadas e reorientadas a um novo patamar de consciência conforme o livre arbítrio e processo evolutivo de cada.um .Desejos e prazeres mundanos, distrações, também chamados de tentações, vícios de toda ordem (sexo, jogo, comida, etc.) serão evidenciados no ano de 2015 de uma forma visível. Também estará em evidência pessoas capazes de obterem sucesso no mundo material, a qualquer preço. Ganância. Negligência em especial com relação à saúde. Súbitas explosões emocionais. Paixão sexual. Doenças venéreas. Ritos com a finalidade de controlar e manipular os outros.  Em grau mais avançado da freqüência com este arcano poderão se manifestar o emocionalismo, fanatismo, caráter vingativo, violência e confusão individuais (não reconhecidos nem manipulados em nossa vida pessoal) onde poderão explodir em escala maciça, em forma de guerras mundiais, tumultos, conflagração e destruição geral.   Segundo um truísmo da vida, quando os aspectos negativos de nós mesmos não são reconhecidos como nosso no interior, parece agir contra nós no exterior.  Enfim o mundo material em toda a sua extensão será evidenciado.

Em outras palavras, o Diabo é personagem de caráter muito duvidoso, ambivalente. De um lado é hostil a Deus, mas, de outro, está sujeito à sua autoridade, e só age com a tácita permissão da Divindade. Esta parece ser a essência do conflito com que as gerações têm lutado. Ou o Senhor não é onipotente, ou o Diabo pertence à sua criação. Ou uma coisa ou outra. Se adotarmos o conceito do monoteísmo, é evidente que Deus deve ter criado o Diabo como parte do seu plano divino.

Inversamente este arcano poderá trazer um intenso magnetismo e energia anímica que pode auxiliar uma grande revolução ou oposição a algum valor pré estabelecido numa sociedade e que uma pessoa possuidora desse arcano em alguma posição relativa a numerologia do seu nome, pode efetuar grandes mudanças positivas, desde que possua aspectos morais positivos.

O Diabo indica-nos que devemos conhecer melhor as nossas restrições, executar uma introspecção e tentar descobrir e clarificar melhor os nossos medos e receios, que tentemos compreender que não podemos continuar agarrados a uma visão egocêntrica e simplista do mundo que nos rodeia ou até mesmo viver de acordo com o que os outros acham que deve ser.

Levando Luz as suas Trevas - Enfrentar nossos monstros e romper amarras - eis o poder que este arcano nos oferece nesse ano de 2015.

Conselho do Arcano 15

Ser mais audacioso e destemido nas questões; buscar o prazer pessoal, pensando mais em si e no próprio futuro; momento de egoísmo para se chegar onde deseja; olhar suas próprias necessidades, não as dos outros;

Axioma transcendente: “Fizeram-me guarda de vinhas e a que era minha não guardei”.

A JUSTIÇA – ARCANO VIII

O ano de 2015 também será regido pelo arcano 8 – A Justiça. Ano da colheita cármica.

Título Esotérico – A Filha dos Senhores da Verdade; O Controlador da Balança (As muitas faces da verdade que cabe a cada um de nós reconhecermos em nível particular e depois ajustá-las a nível global para o equilíbrio da vida).

Este arcano traz para o ano de 2015 o equilíbrio, a isenção, a análise do passado.  A necessidade de retificação de posturas.

 O importante em relação ao oitavo arcano é termos plena consciência de que, com a sua presença no ano de 2015 será indispensável uma postura correta, justa, franca e leal perante a vida e perante nós mesmos. Com este arcano, vem á tona a necessidade de sermos íntegros, honestos e verdadeiros conosco e com o nosso passado, uma vez que o que passamos no momento presente nada mais é do que um reflexo de nossas ações passadas.

O oitavo arcano simboliza a colheita  cármica - "Cada um colherá aquilo que plantou". Na balança que a figura da Justiça segura numa das mãos, existe uma moeda e uma taça, que se equilibram mutuamente. A moeda simboliza o plano material e a taça simboliza o plano emocional, ou seja, os dois devem estar equilibrados. Na outra mão, a Justiça segura uma espada, símbolo da punição que pode distribuir a quem a merece.

Carmicamente este arcano pode trazer para aqueles que se encontram devedores com a justiça divina: crueldade, frieza, divórcio, injustiças, julgamentos duros, perdas, etc.

Na caminhada espiritual, este Arcano representa em 2015 um momento de equilíbrio, no qual se receberá as recompensas (ou punições) materiais e emocionais pelo caminho já percorrido. É inevitável.

A grande transmutação só dará inicio quando estivermos em perfeito equilíbrio e harmonia com nós mesmos. Tarefa que apesar de parecer impossível, somente o é para aqueles que não têm a coragem suficiente para lutar pelo que querem, e que talvez nem saibam mesmo ao certo o que querem de si mesmos e da vida.

Brilhem na luz,

Maiana Lena
Terapeuta Espiritual e Energética

Nenhum comentário:

Postar um comentário